quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Amanhecer

São 8h21.
O Sol está precisamente a nascer. A manhã está magnífica.
Devagarinho, a malta acorda ouvindo o "Amanhecer" de E. Grieg.
Ao microfone, o Dalai Lama liberta-nos do jejum matinal com um pensamento precioso para este dia.
Tudo corre de feição, augurando uma jornada fantástica.
Preparamo-nos para invadir Paris.

3 comentários:

  1. Com o meu enviado muito especial sempre atento e a manter-me informada via sms acabo de saber que estão na catedral de Notre Dame! Yupiiiiiii!
    Também queria...
    Bissus!

    ResponderEliminar
  2. Ana não vale, para a próxima tens que me enviar a mim :-)
    Para estes jovens fantásticos desejo que esta seja uma experiência de grande companheirismo e muito rica para todos. Por cá estamos todos muito orgulhosos por nos representarem.
    "Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo..." (Pablo Neruda)
    Aproveitem tudo a que têm direito!
    Um beijinho
    Teresa Diniz

    ResponderEliminar
  3. Teresa ,vale vale ,que o que o Gon mais queria era que a mãe e a mana fossem, já para não falar do Papuça!
    Contenta-te com o blogue...
    Chegou mesmo agora mensagem "fresca":"ainda em Paris, vamos sair daqui a pouco".
    Palavras muito belas as do Fernando Pessoa a que juntaste outras também magníficas do Neruda.
    Bjocas

    ResponderEliminar